GEEZY – CARA NOVA

Fala-nos sobre ti.

Geezy, nasci em 1987, 32 anos, originário de Tomar, vivi em Newark-New Jersey em 2006 e regressei pra vir viver em Lisboa, estou a viver na linha de sintra desde então.
Comecei a fazer rap em 2000, iniciei o meu percurso numa crew chamada HHS (Hip Hop Soldiers) e éramos super underground, tínhamos valores/influências de rappers como KRS One, Rakim, etc. Mais tarde comecei a desenvolver projectos a solo porque senti que precisava do meu próprio ritmo e de tomar as minhas próprias decisões, queria explorar mais o rap porque sempre fui um puto super versátil. As minhas grandes influências na música foram Tupac, Eminem, Dr Dre, ZRo e Trae The Truth.

O que achas do RAP  em Portugal?

Acho que se perdeu imenso o conceito de cultura no mundo do Rap em Portugal, lembro-me perfeitamente quando a união e ser-se verdadeiro era bastante importante dentro da cultura porque eram os valores que nos eram passados. Hoje em dia a cena está mais numa de negócio, o que eu não condeno, gosto de ver estes putos de hoje em dia a ganhar bastante com isto e acho que o merecem. O Rap, ao contrário do que muita gente pensa, dá imenso trabalho e tens de abdicar de coisas que pra mim são mega importantes como família, amor, etc., para te concentrares nos teus fãs. A bem ou a mal existe uma responsabilidade com esses fãs, que todos os rappers profissionais têm obrigatoriamente que ter.

O que almejas no teu percurso?

Sempre quis o reconhecimento que vem com o trabalho, sabe bem quando te dizem que fizeste algo bem feito e que ajudaste alguém a superar X ou Y situação. É bom saber que estás a fazer o bem, não só por uma questão monetária mas porque como seres humanos temos uma responsabilidade de fazer do mundo um sítio melhor pra se viver.

Tens algum público Alvo?

Não tenho um público alvo, não tenciono voltar a dar concertos, não tenciono chegar a lado nenhum com a música neste momento, estou numa de fazer a cena por gosto, quando posso e quando o meu trabalho o permite como nos dias antigos, sem a pressão das views ou da fama. Quero sentir um propósito diferente e digno nisto do Rap, tenha 50 views ou 50.000 não me incomoda minimamente.

Qual é a mensagem que queres passar com a tua nova faixa?

A mensagem que eu gostava de passar é uma de auto-estima, quando muita gente desdenha ou ignora as tuas capacidades é aí que deves investir, já passei por isso, já tive alguma fama e posso dizer que quem desdenha acaba sempre vir. As pessoas são emocionalmente inconstantes nos dias de hoje, seguem todos a bala em vez de serem fiéis aos seus próprios gostos, daí ser ridículo alguém deixar de investir em algo por causa de opiniões alheias.

 

Maís posts
LUTA NO PATIO