BIG DA DON NA MIXTAPE DE DAVE EAST

Entrevistámos Wilson Carreira, o rapper Big Da Don. Nasceu no Barreiro, em 1991, mas aos dois anos mudou-se para Londres, onde esteve até 2017.

Pertenceu a grupos aos Key Money Rap Boyz e Bravo Boyz, mas em 2014 decidiu começar a sua carreira a solo com o projeto “One Life One Chance”.

Em 2018 lançou o seu primeiro álbum de originais “Alone”, com produções de Elji Beatzkilla, Deejay Telio, Beatoven, entre outros.

Big Da Don acabou de lançar o novo single “On a Roll”, que faz parte da mixtape “East Side Raps Vol 6” do rapper norte-americano Dave East.

Qual o impacto que a indústria musical inglesa tem no teu percurso como rapper?

A indústria musical inglesa foi a razão de eu querer começar a fazer música. Foi nela que descobri o meu sonho.

Quais sãoforam as tuas influências/referências no mundo da música?

As minhas maiores referências/influências foram Nipsey Hussle, não só pela música mas sim pela maneira que ele pensa e os passos únicos que ele deu sozinho. Dave East, K Koke, Don Jaga, Bad and Lucky, El Vetti: estes influenciaram-me pelas boas energias que as músicas deles me trazem. 

Para quem fazes a tua música? Mercado português ou inglês?

A minha música é maioritariamente dirigida ao mercado inglês porque é o idioma com o qual me sinto mais confortável a trabalhar. No entanto, a minha mensagem é adaptada a uma realidade global, não só portuguesa ou inglesa. Acredito que existem pessoas em todo o mundo, independentemente do idioma, que conseguem identificar-se com os temas que escolho abordar na minha música.

Como surgiu a oportunidade de trabalhar com o Dave East?

Esta oportunidade de trabalhar com o Dave East surgiu por meio de um apelo que ele realizou no Instagram, onde procurava artistas para ajudar. Ele mandou mensagem a um primo meu, que lhe mandou o meu perfil por DM. Ele pediu para lhe mandar mensagem e, passado um tempo, ele respondeu! Não acreditava e ainda é difícil acreditar mas sim, falámos e aconteceu o que aconteceu.

O que simboliza para ti, o “On A Roll”?

O “On A Roll” para mim simboliza toda a minha caminhada sem parar até aqui, todas as lutas, todos os fracassos e todas as vitórias que foram surgindo ao longo deste percurso.

A pergunta cliché… Que conselhos dás a quem quer iniciar no mundo do rap?

A todos aqueles que querem iniciar no mundo do rap aconselho a não desistirem quando pensarem que nada está a dar certo, trabalharem muito e não perderem o foco, não deixem que comentários de pessoas invejosas vos deitem abaixo, tentem direcionar todas energias e investimento para vocês próprios… Não tenham medo de investir seja no que for para ti, seja tempo ou dinheiro. “Everything is possible. Even the word impossible says I’m possible when broken down”. Ter muita paciência e vontade de trabalhar.

Maís posts
Quantos empregos foram extintos durante a pandemia?