CELYA BRAVA – TEMPO PASSOU

Celya Brava nasceu no dia 27 de Julho de 1998, viveu em Portugal até aos 13 anos tendo se mudado para Inglaterra, onde reside actualmente

Celya conta-nos coisas acerca do teu trajeto e das tuas influências na música.

Eu cresci acompanhada por dois sonhos, ser Juíza e ser Cantora.
Os meus irmãos mais velhos sempre tiveram um grande impacto na minha vida, sendo uma força de motivação e inspiração.
Lancei o meu tema de estreia chamado ” O primeiro ” no final de 2019 e mais recentemente o single ” Tempo Passou ”
Sou uma pessoa que não só escreve e canta mas também estudo o ramo da musica, tentando sempre procurar saber o que cativa mais o público e como o cativar.
As minhas maiores influências no mundo da música sempre foram Etta James, Jeniffer Hudson, Ella Eyre e recentemente Edmázia Mayembe.

O que achas do mundo da música em Portugal e o que podes trazer de novo?

O mundo da música em Portugal não é fácil, um país tão pequeno com tantos talentos faz o público ser mais crítico quando um novo artista entra no jogo.
Todos artistas têm uma coisa diferente para dar, mas na minha opinião o que tenho a trazer de novo é a minha versatilidade de cantar em vários gêneros musicais e diferentes línguas

O que te levou a escrever esta música?

Todas as letras que Eu escrevo relacionam-se ao sentimentos que não consigo expressar em palavras faladas, a música Tempo Passou tem haver com uma rapariga que luta para uma relação que ja não está a dar porque o parceiro não mostra interesse, tem mais haver com o termo “you can’t raise a man” (Nao podes criar um homem já feito).

Qual é o teu público alvo?

Quero levar a minha música pelo mundo fora, mas sendo eu descendente de Moçambique e Timor Leste gostaria de atingir estes dois países, Portugal e toda a comunidade PALOP em primeiro

Há alguma mensagem específica que queres passar com esta música?

A mensagem que queria que esta musica transmitisse era que o amor de hoje em dia já não é como antigamente, onde tendo uma mulher ou homem que faça tudo para fazer o seu parceiro feliz já não é suficiente para manter a relação saudável, e simples actos que considerávamos “actos de amor” já não são considerados como tal.

Artista: Celya Brava
Instagram: @celya_brava
YOUTUBE: BillyFamilyTV

Maís posts
OUse #2