Faro G e a musica

Fala me daquilo que fazes

Eu neste momento trabalho para a música, estudo para a música e vivo para a música. Se pudesse viver apenas da música seria mais um passo dado.

O que tens a dizer dos beefs nesta industria

Beefs sempre existiram na nossa cultura, sempre vão existir e movimentam muito a mesma.
Acho que não tem como evitar, mas sinto que um ambiente de união, a longo prazo, é sempre mais saudável para o próprio movimento.

Qual é o teu estilo de musica?

Eu sempre fui uma pessoa que curte muito de sair da zona de conforto e sempre explorei vários estilos musicais tanto dentro como fora do hip hop.

Já tenho faixas lançadas tanto de boombap, trap, r&b e aquelas vibes de verão.

A missão é continuar a descobrir me e redescobrir me dentro da música.

Como é que tens te adaptado, com a pandemia?

Tem sido difícil adaptar me a nova realidade e continuar a fazer o que estava planeado.
Mas vamos tentando sempre fazer o melhor possível e esperando o dia que os shows voltem.

Arrependes te de alguma coisa que fizeste na música?

É aquele tal clichê de que me arrependo só do que não fiz, porque tudo o que fiz trouxe me até aqui e tudo foi aprendizagem.

Recebes muitas críticas? como é que lidas com elas?

Sinceramente eu sou um bocado distante das críticas porque foco me mais no trabalho do que no resultado. Tenho muitas pessoas que acreditam e investem em mim. E o objetivo é continuar o que ta a ser feito.

Para além da musica, fazes mais alguma coisa?

Neste momento trabalho também fora da música. Mas sempre na luta com foco para que chegue o dia em que deixe de trabalhar fora da indústria. Um dia vai chegar o dia.

Ainda tens planos para esse ano?

O meu objetivo é lançar mais 3 singles até setembro e depois uma ep só de r&b mais para o final do ano.

Mas vamos vendo como as coisas fluem e as oportunidades que surgem.

Queres deixar alguma mensagem para quem te apoia?

Só tenho que agradecer à família, amigos e fãs pelo apoio dado tanto direta como indiretamente. Obrigado por me darem a força que preciso para lutar por aquilo que quero e por acompanharem a viagem.
O sentimento é real, estamos juntos.

Maís posts
Brasil em risco devido aos casos de covid-19