Imagem meramente ilustrativa

GUINÉ BISSAU: TENTATIVA DE GOLPE DE ESTADO

Nesta terça-feira, na capital da Guiné-Bissau foram ouvidos tiros de bazuca acompanhados de rajadas de metralhadora.

Homens fortemente armados cercaram o Palácio do Governo. Acredita-se que o presidente Umaro Sissoco Embalo e o primeiro-ministro Nuno Gomes Nabiam se encontravam no local para uma reunião de Conselho de Ministros.

O Palácio do Governo fica na orla da capital, próximo ao aeroporto.

Alguns civis foram vistos a fugir da área. Fecharam-se vários estabelecimentos desde mercados locais e bancos, enquanto veículos militares carregados de tropas circulavam pelas ruas.


Logo após os primeiros relatos do tiroteio na terça-feira, o bloco regional da África Ocidental CEDEAO condenou o que descreveu como uma tentativa de golpe na Guiné-Bissau.

Os autores do assalto ao palácio terão sido militares que não estavam fardados, os mesmos

colocaram um perímetro de segurança e não deixaram passar civis.

Uma fonte da agência Reuters avançou que várias pessoas terão sido atingidas pelos disparos. Uma outra fonte fala em dois mortos.

As relações entre o chefe de Estado e o executivo têm sido marcadas nos últimos meses por um clima de tensão.

Os incidentes na capital da Guiné Bissau ocorreram dias após uma remodelação do executivo, decidida por Umaro Sissoco Embaló no cargo de Presidente da República, esta remodelação foi contestada inicialmente pelo partido liderado pelo primeiro-ministro, Nuno Gomes Nabiam.

Deixamos aqui alguma imagens do sucedido:


O chefe de Estado foi retirado do Palácio do Governo, e já foi levado para o Palácio Presidencial.

Nota: A Guiné Bissau teve 4 golpes de estado reais desde 1974 num total de 17 tentativas.

Maís posts
Faro G e a musica