MAYRA ANDRADE É UM MARCO NA MÚSICA CABO VERDIANA

Com uma voz doce, meio rouca, um talento que inspira, um toque suave, uma marca na música tradicional cabo-verdiana, que já tem um espaço conquistado.

Outrora foi a promessa da música, hoje em dia é a concretização tão esperada e que ninguém duvidou. Dona de um estilo próprio com influências de Cabo Verde, já conquistou prémios e ouvidos, entre a Bossa Nova e o Jazz. Podemos ainda dizer que a cantora traz novos trajes ao batuque, ao Funaná e à Koladera.

O seu novo álbum “Manga” Já conta com três singles disponíveis, “Afeto”; “Tan Kalakatan” e o homónimo do álbum. Estas faixas trazem uma nova musicalidade e o seu novo disco mostra-nos um mix de sonoridades entre o Afrobeat e ritmos tradicionais que refletem bem as suas raízes, tudo isto conjugado com o crioulo e o português nas letras, num álbum gravado entre Paris e Abidjan.

Neste projecto, a cantora conta com as colaborações do músico e amigo Kim Alves e do beatmaker Akatche. A produção ficou a cargo de Romain Bilharz, que já trabalhou com o belga Stromae, Feist, e 2B.

O próximo concerto em Portugal tem data prevista para 1 de Março e marca assim o regresso de Mayra Andrade a Portugal numa sala que já havia lotado em 2016, fazendo parte do cartaz do festival Vodafone Mexefest.

Maís posts
OKAPA – RAPPER LICENCIADO